Notícias

REUMATISMO POST

 

 

A Santa Casa de Jahu comemora no dia 30 de outubro, o dia nacional de luta contra o reumatismo e alerta a população em relação a necessidade do seu diagnóstico precoce e tratamento adequado. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) são mais de 15 milhões de pessoas acometidas por doenças reumáticas, engane-se quem pensa que só acomete pessoas idosas, elas podem atingir também jovens e crianças.

   

Reumatismo não é uma doença em si, mas sim um termo que reúne várias doenças que comprometem articulações, ossos, tendões e músculos, além de algumas doenças do sistema imunológico, entre elas tendinite, bursite, lombalgia, gota, artrite reumatoide, lúpus, osteoartrite (bico de papagaio), fibromialgia e outras, afirma o reumatologista da Santa Casa de Jahu, Dr. José Geraldo Troiano.

  

Os sintomas do reumatismo podem atrapalhar o paciente durante o trabalho, na prática de exercícios físicos e em outras atividades rotineiras, como arrumar a casa. Além da dor, é possível apresentar inchaço nas articulações, endurecimento da articulação no período da manhã e sintomas gerais, como febre, perda de peso e cansaço.

  

Dr. Troiano, explica que durante uma consulta, é preciso que o especialista avalie a causa da dor e para oferecer o tratamento mais adequado, já que a dor no reumatismo também é sintoma de outros problemas articulares e ósseos. Nas doenças reumáticas, as dores não têm origem traumática, ou seja, não são resultados de batidas ou acidentes, nem de esforços repetitivos.

 

De acordo com a Dra. Ana Cláudia V. Cicogna Luna, também reumatologista da Santa Casa de Jahu, devido ao grande número de doenças relacionadas as dores articulares, os tratamentos são individualizados: “Em sua maioria, envolvem o uso de antiinflamatórios, corticóides, analgésicos; casos de auto-imunidade podem necessitar uso de medicações imunosupressoras (como exemplos temos a Hidroxicloroquina, Metotrexate). Para sucesso do tratamento, medidas não medicamentosas, como adequação dos calçados, fisioterapia, atividade física, alimentação saudável, são necessários”.

 

Todo paciente com dores articulares que apresentar também edema (inchaço), limitações as atividades diárias, ou sintomas como emagrecimento, febre de origem indeterminada ou alterações físicas, deverá procurar um médico Reumatologista para diagnóstico e tratamento.

  

Existem alguns hábitos que podem ajudar a prevenir o reumatismo, como: não fumar, realizar exercícios físicos, alimentação saudável e rica em cálcio e não tomar bebidas alcoólicas e cafeína em excesso.

 

O tratamento às doenças reumáticas é garantido pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

 

REUMATISMO MÉDICOS