VIRUS H3N2

 

 

O áudio que vem sendo repassado nas redes sociais sobre uma futura possível epidemia de gripe Influenza H3N2 não é da Santa Casa de Jahu. A informação foi desmentida pela diretoria do Hospital após a viralização do áudio através do aplicativo  WhatsApp. A gravação tem chegado acompanhada de texto dizendo que a mensagem é de um médico da Santa Casa local.

 

 

O médico infectologista Daniel Márcio Elias de Oliveira afirmou que áudio não procede do hospital e nem de Jaú. Ele disse que não existem casos do Influenza na cidade neste ano, contudo lembra que é possível o aumento da incidência a partir do outono, como acontece todo ano. Segundo o médico da Santa Casa de Jahu o H3N2 é um subtipo do Influenza A e tem prevalecido nas infecções ocorridas nos períodos de inverno, com exceção de alguns anos onde a pandemia do H1N1 foi predominante.

 

 

Os casos no início do inverno no hemisfério norte dobraram em relação ao ano passado. Só nos Estados Unidos foram em torno de 50 mil infectados com o vírus da gripe, iclusive com algumas mortes, a maioria crianças. O Dr. Daniel explica que a vacina contra o Influenza normalmente é feita com os três subtipos mais prevalentes nos últimos dois anos.  

 

O Infectologista disse que não há motivo para pânico devido ao áudio que corre o WhatsApp, porém ressalta que é preciso buscar a prevenção através de hábitos como hidratação, higienização correta das mãos e do ambiente, evitar aglomeração em lugares fechados e o contato direto com pessoas infectadas, além da vacinação, principalmente nas pessoas que estão em grupos mais suscetíveis ao vírus. O Ministério da Saúde apontou o dia 23 de abril como início da Campanha de Vacinação contra a gripe no Brasil.

 

DR DANIEL